Estudo semanal para 30/03 a 03/04

IBOV




IBOV, gráfico de 4 horas sinaliza possível topo deixado na região dos 78 mil pontos. A partir de agora, devemos monitorar o suporte na região dos 63.600, pois caso perca, um novo pivô de baixa será acionado com alvo na região dos 49.100 pontos.

Existe também a possibilidade de realizar uma correção na retração dos 50% desta suposta pernada atual, até a região dos 70.600 pontos, caso pare, pode também haver uma nova onda de alta com alvo na região dos 85.300 pontos.

PETR4




PETR4 segue fraca e por enquanto respeitando o suporte na região dos 10,75.

Caso perdido, próximo suporte na região dos 3,90 a 4,00.

Se fôssemos esperar por um pullback, acredito que teríamos um alvo na região dos 19,00 a 21,00.

VALE3




O que temos é a VALE3 também fraca, tendo já perdido suporte na região dos 42,00 e tendo feito um possível teste semana passada na retração de 50% de fibonacci.

Agora devemos ficar atentos caso o suporte dos 32,40 seja perdido, pois neste caso, teremos um novo pivô de baixa com alvo na região dos 22,35.

ITUB4



ITUB4 parece ter realizado com sucesso seu pullback na retração de 50% e agora podemos vigiar a região dos 19,90, que, se perdido, acionará um novo pivô de baixa com alvo na região dos 15,00.

WEGE3


WEGE3 com configuração semelhante à todos os outros, após pullback realizado, papel parece estar se preparando para lançar uma nova onda de baixa, dando continuidade e com alvo na região dos 15,60, mas antes, precisará romper o suporte na região dos 25,00.

SP500




SP500 retraiu nos 50% de fibonacci e pode estar se preparando para lançar uma nova onda de correção, dando continuidade na tendência de baixa.

O suporte na região dos 2.100 pontos, caso perdido, aciona um novo pivô de baixa com alvo na região dos 1.730 pontos.

USOIL



O petróleo vem se segurando no suporte dos 20,00, caso perdido, abre espaço para buscar a região dos 11,80, alvo por fibonacci.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Estudo Mensal para Fevereiro de 2020

Atualização de Janeiro da carteira 2020 do Shima