Estudo semanal para 15 a 19 de Março de 2021

 IBOV


IBOV mudou pouca coisa da semana passada para essa pelo simples fato de que a barra dessa semana trabalhou dentro da barra da semana retrasada, ou seja, não tivemos nem rompimento de máxima e nem de mínima.

Pelo fato de estar trabalhando dentro de um canal amplo de alta, claro, existe a expectativa e uma probabilidade maior que a tendência de alta continue.

O primeiro passo nessa direção seria termos o rompimento de alguma máxima, no caso agora, temos duas máximas bem próximas uma da outra, fortalecendo tanto a região como uma resistência, da mesma forma como caso ocorra o rompimento destas duas máximas, o mesmo tende a ser relativamente forte, possivelmente fechamento acima dos 118.400 pontos.

PETR4


PETR4 também trabalha dentro de um amplo canal de alta e apesar de ter deixado uma sombra superior, ainda assim foi uma boa barra de alta, não podemos negar.

Pensando então num cenário de continuidade desta tendência de alta, teremos como próximos alvos as seguintes regiões: 

  • 23,60 (essa foi quase durante essa semana)
  • 25,25 (próximo da região de onde temos um gap aberto)
  • 27,17 (fechamento de gap)
  • 28,00
  • 30,90 (resistência majoritária)

VALE3




No caso da VALE3 eu trago o gráfico diário para mostrar o acompanhamento que faço do comportamento do preço.

Embora ainda em tendência de alta, deixou uma máxima em 101,93, esse é o preço a ser observado, pois caso a tendência de alta continue, deveremos ter um rompimento dessa região com uma barra forte de preferência.

BRDT3




BRDT3 trabalha dentro de uma grande lateralidade entre os 18,95 (zona de suporte) e os 23,30 (zona de resistência).

Conseguindo romper os 23,30 o papel tem caminho livre para buscar a próxima resistência por volta dos 29,18.

GMAT3



GMAT3 entre 7,15 e 7,70 é a região onde aparentemente os compradores estão defendendo, talvez seja uma boa zona para se pensar em alguma compra inicial.

Resistência imediata na região dos 8,80.

Acima dos 8,80 o papel abre espaço para buscar a região dos 10,00 como sendo alvo de range projetado.

MOVI3



MOVI3 segue corrigindo com volumes crescentes, a região dos 15,00 já começa a ficar mais atraente para possíveis compradores, é ponto de retorno de rompimento prévio e também retração de fibonacci.

Por enquanto nenhum sinal de compra foi emitido e seguimos acompanhando o papel renovando mínimas e não conseguindo renovar nenhuma máxima.

TECN3



TECN3 tá com uma movimentação interessante, o papel chegou a perder a mínima semanal em 0,01 e em seguida tivemos a entrada de forte força compradora levando o papel a fechar com uma boa barra de alta, próximo da máxima.

Com isso, existe sim a probabilidade de vermos o ativo buscar a região dos 1,84 como próximo alvo de alta.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atualização de Janeiro da carteira 2020 do Shima

Estudo semanal para 24 a 28 de Agosto de 2020