Estudo Mensal para Fevereiro de 2020

IBOV






Janeiro começou animado, apoiado por notícias ou não, IBOV segue dentro de um grande canal de alta, porém com alguns pontos a serem observados.

Tivemos uma onda que partiu da região dos 70.000 pontos por volta de Junho de 2018 e teve uma correção lateral no tempo, para em seguida replicar a amplitude da onda anterior em 100% com sucesso.

Imaginando que o canal de alta corrente é este que consta no estudo, e o candle deixado pelo gráfico mensal, é algo que acredito que deva causar um certo calafrio naqueles que estão super alocados em bolsa, se fosse o meu caso, estaria tremendo com certeza, ainda bem que não é..

Precisamos sempre olhar os dois cenários, o de alta e o de baixa, até que a possibilidade de um deles seja totalmente anulada.

Olhando para cima, a favor da tendência, só volta a ganhar força compradora caso tenhamos a superação da máxima do candle atual de janeiro, ou seja, precisa super a região dos 120.000 pontos com um grande candle de força compradora e acompanhado de volume.

Caso os compradores não apareçam, podemos ter mais um mês de correção pela frente, e não podemos descartar a possibilidade de termos inclusive uma correção um pouco mais forte como foi visto em Maio de 2018 (alguém lembra?), foi uma correção de 10% aproximadamente.

O que talvez seja mais preocupante para quem tá comprado em bolsa é que como a subida foi forte, não fomos deixando suportes relevantes pelo caminho e a região onde é mais provável que exista algum tipo de suporte seja próximo da LTA que deverá ser por volta dos 98.500 a 96.100 pontos.

PETR4



PETR4 de alguma forma se assemelha com o IBOV olhando para o canal de alta e a possibilidade de termos um movimento de correção prestes a ser iniciado.

Neste caso, vejo a região dos 24,00 como um suporte relevante mais provável que venha ser testado em caso de correção.

Para subir, precisa deixar a região dos 32,00 para trás, e em seguida os 34,70, embora eu não acredite que este seja um cenário realista para o atual momento, mas no mercado, tudo pode acontecer.


VALE3



VALE3 fez um movimento de pullback e testou o topo anterior na região dos 58,20, onde encontrou forte presença vendedora, fazendo com que os preços recuassem.

Com isso, vejo como o movimento de retração como concluído e podemos começar a traçar os cenários para o próximo movimento, que seria a continuidade do movimento anterior, ou seja, uma terceira onda de correção, esta, inicialmente pensando em replicar 100% do movimento traria os preços para a região dos 35,60 inicialmente.

Mas antes disso, poderemos encontrar ainda no meio do caminho um provável suporte na região dos 44,00.

BRSR6



BRSR6 infelizmente deixou um candle bem feio para quem estava acreditando numa possível continuidade do movimento de alta.

Com esse engolfo de baixa deixado e sem suportes relevantes pela frente, o cenário que vejo como sendo mais provável é a continuidade do movimento de correção, neste caso, seria já o início de um movimento de reversão, projetando alvo para a região dos 16,50, por onde passa a LTA.


UGPA3



UGPA3 podemos ver que o papel encontra-se num grande canal de alta mas já próximo da zona de retração (zona de briga), o papel só deve dizer que irá continuar esse movimento de subida caso consiga passar da região dos 38,50 (atual topo), neste caso, teremos alvo projetado para a região dos 52,30.

Porém, se vier a perder a região dos 15,80, as coisas podem se complicar um pouco mais para o papel, que abre espaço para vir testar as regiões dos 8,00 a 6,20.


MRFG3


MRFG3 encontra-se em zona de resistência, o papel precisa mostrar força compradora e fechar acima dos 12,50 com volume para acreditarmos que poderá ir buscar novos alvos.

Caso contrário, a perda dos 9,20 pode trazer mais vendedores e com isso empurrar os preços rumo à região do suporte, temos então os 5,00 e depois os 4,00.


VLID3




VLID3 ainda está brigando, já tendo mudado seu comportamento, o papel precisa confirmar e fechar acima dos 20,50 com aumento de volume e aí sim, podemos pensar no papel indo buscar a região dos 26,40.

E se perder a região dos 13,00 fica mais complicado para compras e pode fazer com atraia mais atenção dos vendedores, podendo forçar o preço até o suporte atual na região dos 11,00.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estudo semanal para 10 a 14 de Fevereiro de 2020

ITSA4 diário