Estudo semanal para 10 a 14 de Fevereiro de 2020

IBOV



Para o IBOV eu havia deixado desenhado dois candles, um grande candle verde que indicaria a continuidade da alta e um grande candle vermelho que poderia indicar um movimento corretivo.

Pelo que vimos durante a última semana, as forças vendedoras acabaram prevalecendo num primeiro momento, por vários dias tivemos aberturas com gaps de alta e em seguida vimos os preços escorregando, sofrendo forte pressão por parte dos vendedores.

Deste modo, coloquei um X em vermelho para indicar que o cenário de continuidade de alta foi praticamente descartado.

O suporte da região dos 112.825 pontos num próximo toque pode não ser mais capaz de segurar os preços, o que levaria ao acionamento de um novo pivô de baixa, este com alvo projetado para a região dos 111.000 pontos e depois uma segunda região, onde acredito que esta sim, possa oferecer algum tipo de suporte mais forte, que seria entre os 108.000 e os 106.750 por onde passa a LTA desta grande onde que se iniciou em Junho de 2018.


PETR4



PETR4 sem muitas novidades, papel em tendência de alta e por enquanto se segurando no suporte dos 28,40.

Existem sempre dois cenários possíveis, o de alta e o de baixa, vamos analisar ambos.

Cenário de baixa existente pois o papel realizou um movimento corretivo e podemos ter visto um possível pullback na retração de 50%, se este cenário se confirmar, teremos então um alvo projetado para a região dos 25,94, com pivô de baixa sendo acionado na perda dos 27,67.

Para o cenário de alta, é necessário romper o topo atual na região dos 31,25 para então termos um alvo projetado para os 35,89.

VALE3




VALE3 segue demonstrando fraqueza na compra e força do lado vendedor, após o padrão de reversào baixista encontrado anteriormente, um BEAR180 (engolfo de baixa), tudo indica que tivemos nessas últimas duas semanas um teste na retração de 50%.

Com um forte suporte na região dos 49,80, que conseguiu de alguma forma segurar os preços por duas semanas consecutivas, pode não resistir numa próxima visita e vir a ceder, permitindo que os preços venham em busca de um novo fundo.

Caso isso ocorra, teremos um alvo projetado para a região dos 46,36, por onde passa uma LTA e que podemos ver então um novo nível de suporte se formar.


USIM5




USIM5 parece ter completado mais um ciclo de alta e encontrado a forte resistência existente na região dos 11,00, não sendo capaz de dar continuidade ao movimento. O que vimos em seguida foram duas tentativas frustradas de fazer novas máximas, fazendo com o que os preços acabassem recuando.

O que temos agora é o suporte na região dos 9,33 e que, caso perdido, aciona um pivô de baixa com alvo projetado para a região dos 8,98.

CSNA3


CSNA3 mostrou fraqueza e já vem perdendo os níveis importantes de fibonacci, o que reforça a idéia de que existe uma probabilidade maior de vermos o papel realizar um novo teste de suporte na região dos 11,20 para então, caso este não segure, completarmos o movimento e buscar o alvo projetado nos 9,30.

Devolvendo 100% da grande onda altista visto anteriormente.

HAPV3


HAPV3 após perder a LTA e formar um pivô de baixa, possui sua onda C em andamento com alvo na região dos 56,00.

ITSA4





ITSA4 continua fraca, desta vez, com suporte nos 12,72. Este deve ser vigiado de perto, pois caso perdido, projeta alvo para a região dos 12,28 e vai perdendo também uma LTA importante.

INDFUT


O índice futuro ainda dentro de um grande canal de alta, mas já demonstrando fraqueza da ponta compradora. 

Com suporte nos 112.925 pontos, caso seja perdido, teremos então um pivô de baixa, demonstrando continuidade do movimento de correção com alvo inicial na região dos 110.690 pontos e um segundo alvo para a região dos 106.265 pontos.

DOLFUT


O dólar futuro está rompendo uma importante resistência, com candle tendo fechado acima da resistência e com aumento no volume, temos um alvo de alta projetando para a região dos 4564,5.

--

O tempo dedicado para realizar este estudo foi de 1h20min.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estudo Mensal para Fevereiro de 2020

Atualização de Janeiro da carteira 2020 do Shima